Escritor Daniel Munduruku responde carta dos alunos do 7ºA sobre o livro “Vozes Ancestrais”

Escritor Daniel Munduruku responde carta dos alunos do 7ºA sobre o livro “Vozes Ancestrais”

Em meio aos trabalhos da disciplina de Português com o livro “Vozes Ancestrais” (FTD Editora), os alunos do 7ºA decidiram enviar uma carta ao autor, Daniel Munduruku, falando das lições aprendidas nos contos indígenas da obra. Qual não foi a surpresa quando a professora Karol revelou que o escritor havia respondido a carta através de um vídeo postado em seu canal no Youtube! Na aula desta terça-feira (26), após uma breve socialização sobre os temas abordados em “Vozes Ancestrais”, o vídeo foi exibido aos alunos.

Na filmagem, Munduruku se diz honrado pelo trabalho dos estudantes e destaca a importância do conhecimento para que “a gente aprenda a lidar com a diversidade”. “O ‘Vozes Ancestrais’, como possibilidade de leitura, traz esse olhar sobre a diversidade. [É importante] lembrar que os povos indígenas são diversos, diferentes, e isso não os torna inferiores a ninguém. Pelo contrário, são parte da experiência da construção da humanidade”, declara o escritor no vídeo.

Voltando a discutir o livro, os alunos fizeram seus posicionamentos, sendo o entendimento geral demonstrado por eles o de que os indígenas devem ser enxergados para além do folclore e do estereótipo. “Eles falaram bem, entenderam toda a proposta”, disse a consultora de Literatura da Editora FTD, presente no momento. “Foi muito emocionante. Munduruku também ficou muito feliz, foi muito carinhoso com eles, e eles sentiram esse carinho”, completou.

O encontro foi promovido pela professora Karolina Ferreira e contou com as observações da coordenadora dos 6º e 7º anos (manhã), Karina Uchôa, da coordenadora de área de Língua Portuguesa do Visão, Izabel Pinheiro e da bibliotecária do Visão, Ana Cláudia.

Deixe uma resposta